segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Carta aberta ao director

Caro José Nuno Martins,

Bem sei que o homem dá erros ortográficos, argumenta com brejeirice, limita-se a acusações e insinuações desprovidas de sentido e, aparentemente, ocupa grande parte do seu tempo no Facebook.

Mas o nosso jornal, em nome da liberdade de expressão e pluralidade de opinião tradicionais na história centenária do nosso querido Benfica, deveria reservar uma coluna semanal, talvez mesmo uma ou duas páginas, para que o presidente do Sporting pudesse dar largas à sua capacidade para discorrer sobre o nosso clube, por ridículas que sejam as constantes atoardas que tenta lançar. Sejamos justos e saibamos reconhecer que o homem escreve mais sobre o glorioso SLB que muitos Benfiquistas.

E repare, poderia prescindir da crónica sobre a vitória no Bessa, que nos mantém na liderança do Campeonato Nacional com sete jornadas por disputar, perante um Boavista muito agressivo e combativo, embora praticamente imune à lei dos cartões amarelos, que só Jonas, o melhor marcador da prova e da Europa com 29 golos, soube ultrapassar já nos descontos.

Ou das reacções ao sorteio da Liga dos Campeões, que nos fez calhar em sorte o Bayern Munique na nossa 18ª presença nos quartos-de-final da principal prova europeia de clubes. Só os bávaros, o Real Madrid e o Barcelona o conseguiram mais vezes, para quê gastar espaço com isso?


Ou ainda da estrondosa vitória ante a Ovarense na final da Taça de Portugal de basquetebol, a 21ª do nosso palmarés, a terceira consecutiva, a dar continuidade ao nosso domínio da modalidade. Ou das boas prestações do andebol esta semana ou da valorosa participação do voleibol nas competições europeias… Pense no assunto!

Jornal O Benfica - 25/3/2016

Fim de quarentena

Todos estamos agradecidos aos benfiquistas que há uns poucos meses dedicaram parte do seu tempo, dinheiro e esforço para homenagearem vint...