terça-feira, 29 de agosto de 2023

Números da semana (137)

2,33

Jéssica Silva foi a jogadora com melhor média de dribles bem-sucedidos por jogo no Campeonato do Mundo (7 em 3 jogos). Por seu turno, Christy Ucheibe foi a 7ª no desarmes realizados (36) e a 8ª nas interceções (23);

21

Em 3 jogos oficiais, Roger Schmidt utilizou 21 jogadores, dos quais 15 pelo menos 1 vez no 11 inicial. 10 atuaram nas 3 partidas e 4 são totalistas absolutos, com 317 minutos em campo (inclui tempos adicionais): António Silva, Aursnes, Bah e Otamendi. Os seis golos conseguidos pela equipa foram apontados por 4 jogadores (Di María e Rafa, 2; Musa e Tengstedt). Rafa e Neres lideram nas assistências (2 cada – mais 1 de Kokcu);

31

Rafa passou a ser, a par de Seferovic, o 31º mais goleador pelo Benfica em jogo oficiais, com 74 golos. Está a 5 do top30, fechado por Humberto Coelho. No Campeonato Nacional encontra-se isolado na 29ª posição do ranking dos goleadores do Benfica, com 52 golos;

44

Com 44 jogos no atual estádio da Luz, Florentino ascendeu à 3ª posição dos jogadores formados no Benfica Campus que mais vezes representaram a primeira equipa do Benfica neste estádio (incluindo particulares);

50

Neres atingiu a meia centena de jogos pelo Benfica em competições oficiais (34 a titular), nos quais marcou 12 golos e fez 18 assistências;

150

Di María integra os 150 com mais jogos, incluindo particulares, pela equipa de honra do Benfica (146 partidas, tantas quanto o bicampeão europeu Serra);

6090

Otamendi tornou-se no 25º futebolista a estar em campo mais de 6000 minutos de águia ao peito no atual estádio da Luz (incluindo particulares e tempos adicionais);

2000000

O Benfica já tem mais de 2 milhões de seguidores no TikTok.

Jornal O Benfica - 26/8/2023

terça-feira, 22 de agosto de 2023

Esperança morta

Crónica publicada no Dinheiro Vivo. Também publicada, em papel, no suplemento que acompanha as edições do Diário de Notícias e Jornal de Notícias.

“O futebol és tu”

Começo por dizer que aplaudo todas as iniciativas que fomentem a ida de adeptos aos estádios. Logo, aplaudo a iniciativa “O futebol és tu”, promovida pela Liga na presente temporada.

No entanto, creio que o problema que esta acção procura mitigar resulta de outras questões mais profundas. A venda de bilhetes a preços mais baixos torna a ida a um estádio mais comportável, mas tem um impacto nulo nas restantes variáveis, tais como, entre outras, as condições de acesso e permanência nas bancadas, a segurança, a qualidade dos relvados, os horários dos jogos, o nível dos espectáculos ou a competência das arbitragens.

E não ajuda que a Liga tente doirar a pílula neste tema. São várias as frentes carecidas de soluções, todas devem ser abordadas com carácter de urgência.

Repare-se no comunicado da Liga sobre a iniciativa, intitulado “O estrondoso sucesso do arranque da campanha O Futebol és Tu”, no qual são divulgados uma série de dados que procuram justificar o elogio em sede própria.

Face aos dados apresentados, não nego o impacto positivo da medida, embora longe de “estrondoso”. Mas há que relativizá-los, bastando para isso constatar que seis dos nove jogos realizados tiveram uma assistência inferior a 5700 espectadores e cinco das partidas não ultrapassaram os 4300 adeptos nas bancadas.

Mesmo a tão evocada melhoria na taxa média de ocupação dos estádios deveria causar incómodo, ao invés da autopromoção. A maioria das lotações são exíguas e, ainda assim, esteve-se longe de casas cheias. Exceptuando-se o caso do Moreirense, cujos 5674 espectadores no jogo com o FC Porto ocuparam 92,2% dos lugares disponíveis, só mais dois estádios tiveram apresentaram uma moldura humana acima dos 70% da capacidade disponível (Bessa e Alvalade, ou seja, jogos do Benfica e Sporting).

É curto, muito curto. Tão curto que o “sucesso estrondoso” só se aplica à falta de noção ou vergonha.

É a liga faz de conta que temos. A mesma que, enquanto diz aos adeptos que o futebol são eles, permite que muitos deles paguem 70€ por um bilhete e sejam limitados no uso de adereços relativos ao clube que apoiam, sem que se perceba a razão, dado que, segundo relatos de quem lá esteve, todos os adeptos nessa bancada eram afectos ao clube visitante, o Benfica. A confirmar-se, a pretensa medida de segurança não mais é do que uma tentativa de ilusão quanto à dimensão da massa adepta do clube visitado. Nada de novo, diga-se de passagem.

Jornal O Benfica - 18/8/2023

Números da semana (136)

0

Nenhum ponto ao fim da 1ªjornada está longe de ser uma sentença de campeonato perdido. Basta recuar a 2013/14 e a um desfecho infeliz na Madeira, frente ao Marítimo, para que seja identificado o primeiro passo (em falso) do inédito tetra. Por outro lado, vencer na 1ª jornada não garante o título. No caso do Benfica, foram 26 vitórias no primeiro jogo do campeonato em épocas nas quais não se sagrou campeão;

9

Ainda sobre a 9ª Supertaça conquistada pelo Benfica, a 5ª nas últimas 10 edições: nas 9 temporadas em que venceu este troféu, foi campeão nacional em 3, o que demonstra que a relevância deste triunfo se encerra no próprio troféu, nada garantindo ou preconizando em relação ao futuro próximo;

16:37

A 2ª parte do Boavista – Benfica teve 16:37 minutos de tempo adicional, o máximo registado numa parte de um jogo do Benfica sem ocorrências extra-futebol, refletindo as novas diretrizes relativamente à gestão do tempo de jogo por parte dos árbitros;

29

Rafa chegou aos 51 golos pelo Benfica no Campeonato Nacional, passando a ser um dos integrantes do trio que ocupa a 29ª posição no ranking dos mais goleadores do Benfica na competição (está a 4 do top25). Fazem-lhe companhia Santana e Vítor Baptista. Em competições oficiais soma 73 golos de águia ao peito e é o 32º no ranking (está a 5 do top30). É o 8º, com 14, nas competições europeias (7º na Liga dos Campeões, com 11). Nota ainda para as 54 assistências para golo em jogos oficiais, sendo o 4º na lista desde 2009/10, inclusive;

50

Aursnes atingiu a meia centena de jogos pelo Benfica, incluindo particulares;

Frente ao Boavista, o Benfica jogou 50 minutos em inferioridade numérica, dos 50 aos 100 minutos de jogo.

Jornal O Benfica - 18/8/2023

segunda-feira, 14 de agosto de 2023

Números da semana (135)

1

13 convocadas do Benfica (entretanto 2 saíram para outros clubes), só 1 chegou aos oitavos de final do Campeonato do Mundo: Christy Ucheibe, da Nigéria, fundamental no meio-campo da seleção do seu país;

2

Décio Andrade e Eliana Bandeira foram medalha de prata no lançamento do martelo e lançamento do peso, respetivamente, nos Jogos Mundiais Universitários;

3

Sisínio Ambriz conseguiu o bronze nos 110 metros barreiras no Campeonato da Europa sub20 e estabeleceu o novo recorde nacional (13,29 segundos);

4

São 4 os jogadores do Benfica chamados pela seleção do Brasil para a Copa das Nações de futsal: Léo Gugiel, Arthur, Diego Nunes e Rocha

9

O Benfica conquistou a 9ª Supertaça de futebol do seu palmarés;

65

Que podem chegar a 80 milhões de euros. A transferência de Gonçalo Ramos representa, caso sejam atingidos todos os objetivos, a 2ª maior mais-valia de sempre do Benfica numa alienação de um passe, só abaixo da conseguida com João Félix. O montante total é apenas superado pelos das transferências de João Félix (126), Enzo Fernández (121), Darwin (80) e, para já, Rúben Dias (71,6). O jovem avançado formado no Benfica teve um desempenho excelente em 2022/23, apontando 27 golos, todos de bola corrida, uma marca só superada, desde 1990, por Jonas (3 vezes), Cardozo e Darwin. Na equipa A do Benfica, Gonçalo Ramos marcou 41 golos em 106 jogos oficiais, 30 no campeonato Nacional, 8 na Liga dos Campeões. Entre os futebolistas formados no Benfica Campus, é o 2º com mais jogos no estádio da Luz (Rúben Dias lidera);

224

Ao atingir 224 jogos em competições oficiais pelo Benfica, Odysseas Vlachodimos passou a ser o 54º com mais jogos oficiais de águia ao peito.

Jornal O Benfica - 11/08/2023

quarta-feira, 9 de agosto de 2023

Números da semana (134)

1

Pedro Casinha é campeão europeu sub23 de canoagem em K1 200 metros. O canoísta do Benfica ainda ganhou o bronze em K2 500 metros;

2

Após mais uma etapa, Vasco Vilaça encontra-se na 2ª posição do World Championships 2023 de triatlo. E é o 5º no ranking geral, sendo o mais novo entre os 10 primeiros;

3

Nos 5 jogos particulares de pré-época, Di María e Gonçalo Ramos foram os melhores marcadores, com 3 golos cada, seguidos por Musa, com 2. Rafa foi quem fez mais assistências para golo (3);

4

Depois de se sagrar vice-campeão do mundo de natação nos 50 metro mariposa, Diogo Ribeiro somou mais um feito à sua ainda muito curta carreira: tornou-se no primeiro português a chegar a 4 meias-finais de um Campeonato do Mundo na mesma edição;

7

Foram utilizadas 7 futebolistas do Benfica, 5 no 11 inicial, pela seleção feminina portuguesa de futebol na primeira vitória de Portugal num Campeonato do Mundo. Lúcia Alves assistiu para o 1º golo e Kika Nazareth apontou o 2º,

12

Nos Campeonatos de Portugal de atletismo, a prova que define os campeões nacionais, a nível individual, foram 12 os atletas do Benfica a conquistarem o ouro. Ao todo os atletas do Benfica granjearam 33 medalhas;

25

Roger Schmidt utilizou 25 jogadores nos 5 jogos particulares de pré-época. 17 participaram em todas as partidas, 3 atuaram em 4. Odysseas Vlachodimos foi o mais utilizado, com 326 minutos, seguido por Aursnes (271), António Silva (262) e Gonçalo Ramos e Rafa (259);

298

Foram disponibilizados, para venda, 298 Red Pass, o que significa que a quase totalidade dos mais de 45000 lugares anuais foram renovados. São mais de 14 mil sócios em lista de espera.

Jornal O Benfica - 4/8/2023

Números da semana (178)

1 Terminadas as principais 7 ligas europeias e a Liga dos Campeões, Trubin foi o melhor guarda-redes sub-23 nos seguintes dados estatístic...