segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Em nove anos tudo mudou

Bem vindo Rui Vitória. Distam já nove anos desde que, em busca de uma carreira de treinador ao mais alto nível, o ribatejano abandonou a formação benfiquista para liderar um projecto ambicioso no Fátima, onde foi bem-sucedido. Seguiram-se Paços de Ferreira e Vitória de Guimarães, clubes em que deixou marca pelo bom trabalho desenvolvido. Entretanto, o Benfica mudou.

O Caixa Futebol Campus foi inaugurado e posteriormente ampliado e dotado de infra-estruturas inovadoras. O departamento médico foi reestruturado e apareceu o BenficaLAB. Na formação, implementaram-se uma nova organização e metodologias que resultaram no regresso à conquista frequente de títulos e, mais importante, ao surgimento, ano após ano, de novos valores a despontar no futebol português. A prospecção tornou-se exemplar. Passámos a figurar no lote dos clubes que mais facturam com a alienação de passes de jogadores e, ao nível das receitas operacionais, somos o único clube português a constar no top30 mundial. Desportivamente, regressámos ao domínio do futebol nacional e à ribalta europeia.

Com o lançamento da BTV e a exploração própria dos direitos de transmissão televisiva, libertámo-nos dos poderes instalados, aumentámos as receitas e devolvemos as tardes de futebol aos adeptos. E houve ainda a edificação do museu, constantemente melhorado com mais taças, tal é a catadupa de títulos e troféus conquistados pelo SLB – o melhor e mais ecléctico clube português - em todas as modalidades.


Rui Vitória reencontrará uma instituição que mantém o emblema, a divisa, as cores e o apoio apaixonado de milhões de adeptos, mas transfigurado para melhor. Incomparavelmente melhor.

O Benfica - 19/6/2015

Fim de quarentena

Todos estamos agradecidos aos benfiquistas que há uns poucos meses dedicaram parte do seu tempo, dinheiro e esforço para homenagearem vint...