terça-feira, 22 de junho de 2021

Números da semana (27)

3

Fernando Pimenta (prata e bronze) e João Ribeiro (prata) foram os canoístas medalhados ao serviço de Portugal no Campeonato da Europa.

8

Convocados para o Europeu que beneficiaram da formação do Benfica (incluo Nélson Semedo que chegou ao Benfica aos 18 anos e fez o seu percurso na B, na qual se converteu num lateral de eleição). E oito são também os vice-campeões europeus sub21 formados no Benfica. Estes dados não motivam a comemoração benfiquistas, mas constituem-se como uma demonstração cabal da excelente qualidade do trabalho desenvolvido no Benfica Campus na última década e meia;

9,84%

Aumento orçamentado dos custos das modalidades em 2021/22, depois do recuo motivado pela quebra de receitas devido à pandemia. É uma boa notícia: grande parte deste crescimento será canalizado certamente para o apetrechamento dos vários plantéis, sabendo-se que desde há duas décadas que o investimento nas modalidades tem respeitado sempre a sustentabilidade económica e financeira do clube;

12

Exclusões de dois minutos de jogadores do Benfica na final da Taça de Portugal, além da expulsão do treinador Chema Rodríguez. Ninguém põe em causa a qualidade do nosso oponente, o FC Porto, mas a já de si muito difícil tarefa com que a nossa equipa se deparava foi, assim, tornada praticamente impossível;

74

Assinalam-se hoje, dia 11, 74 anos do falecimento de Cosme Damião. Considerado o “pai” do benfiquismo, foi um dos fundadores, jogador de eleição, treinador de elevado mérito e dirigente inexcedível em empenho e benfiquismo. Foi um dos esteios do desenvolvimento inicial do clube, incansável na acção, visionário nas decisões. Teve o seu tempo e hoje é justamente reconhecido por isso. “Sem Cosme não haveria Benfica”.

Jornal O Benfica - 11/6/2021

Sem comentários:

Enviar um comentário

O triunfo dos imbecis

Crónica publicada no  Dinheiro Vivo . Também publicada, em papel, no suplemento que acompanha as edições do Diário de Notícias e Jornal de N...