terça-feira, 31 de agosto de 2021

Números da semana (33)

3

Continuamos a dar cartas na canoagem, com três dos nossos atletas (Messias Baptista – K1 200m; Fernando Pimenta – K1 1000m; João Ribeiro – K1 1500m) a sagrarem-se campeões nacionais;

4

Ao fim de 2 jogos particulares*, são 4 os estreantes absolutos pela equipa de honra: Gil Dias, João Mário, Rodrigo Pinho e Paulo Bernardo. Destaque para este último que, tendo alinhado numa posição que não a sua e na qual não me recordo de o ver jogar, foi inexcedível no empenho e demonstrou a sua enorme qualidade;

25

É a maior “delegação” benfiquista de sempre nuns Jogos Olímpicos, com 25 atletas em representação das suas seleções, cerca do dobro do anterior recorde, estabelecido em 1992, em Barcelona;

29

Com o golo marcado ao Almería, Pizzi tornou-se no 29º mais goleador de sempre de águia ao peito. Soma 97 golos em 359 jogos (incluindo particulares) e está a dois de Magnusson e Jorge Tavares;

3907

Distância, em quilómetros, entre Lisboa e Moscovo. Preferiria um adversário mais próximo geograficamente, mas assim ditou o sorteio. Acredito que eliminaremos o Spartak e, pelo meio, traremos os três pontos de Moreira de Cónegos na primeira jornada do Campeonato. Houve apenas três desafios entre Benfica e os moscovitas: o jogo de apresentação na temporada 1989/90 (2-3) e os dois relativos à fase de grupos da Liga dos Campeões 2012/13 (derrota por 2-1 em Moscovo e vitória, na Luz, por 2-0). Em 20 jogos com clubes russos a contar para competições europeias, reina o equilíbrio: 8 vitórias, 4 empates e 8 derrotas. Analisando somente as eliminatórias, a balança pende a nosso favor: Em 6 passámos 5, 3 na Liga dos Campeões (uma no antigo formato, com o Torpedo, e duas mais recentes com o Zenit).

*Não inclui o Benfica – Lille.

Jornal O Benfica - 23/7/2021

Sem comentários:

Enviar um comentário

Números da semana (179)

1 Nas estafetas mistas de triatlo, o Benfica sagrou-se campeão nacional; 2 No futebol de formação, o Benfica é bicampeão nacional de j...