segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Toupeiras


A infâmia é ilimitada, agora acusam-nos de ter uma toupeira na Polícia Judiciária…

Mas temos uma em Portimão, que me confidenciou que banalizámos o Portimonense nos primeiros 40 minutos de jogo e que, não fosse a pouca eficácia, teríamos resolvido a partida nesse período do jogo. Depois, já com os algarvios a darem-nos luta, despontou a genialidade de Cervi e Zivkovic e conquistámos três pontos bem merecidos. Outra toupeira, mas esta no balneário benfiquista, assegurou-me que continuaremos a dar tudo por tudo pelo penta até final do campeonato.

Uma outra, radicada em Sines, deu-me conta da excelente exibição da nossa equipa de basquetebol que permitiu a conquista da Taça Hugo dos Santos. O Benfica mantém-se dominador na modalidade.

Mais uma, mas na Eslovénia, elogiou o contributo dos futsalistas portugueses que se sagraram campeões europeus da modalidade. Tratou-se de um triunfo de Portugal, o mérito é da selecção nacional e de todos os clubes portugueses que fomentam o futsal em Portugal.

Ainda outra garante-me que Carlos Xavier, antigo jogador do Sporting que, como a maioria naquelas bandas, apesar do seu esforço, dedicação e devoção, pouca glória obteve, tentou ressuscitar o episódio, de 2005, em que o Estoril recebeu o Benfica no Algarve. O Estoril, nessa temporada no seu estádio, perdeu seis vezes e empatou três. Portanto ganharia ao Benfica de certeza…

Finalmente temos outra que se desmultiplica pelo Expresso, Correio da Manhã e Sábado, e ainda pelo baluarte da infâmia. Dos seus relatos sobressai apenas o desespero, pela facturação de uns e pela míngua de títulos de outros. E a criatividade e a indecência, aparentemente inesgotáveis e bem coordenadas.

Jornal O Benfica - 16/2/2018

Números da semana (179)

1 Nas estafetas mistas de triatlo, o Benfica sagrou-se campeão nacional; 2 No futebol de formação, o Benfica é bicampeão nacional de j...