terça-feira, 1 de março de 2022

VAR sob escuta

O futebol tem uns assomos de modernidade esporádicos, na maior parte das vezes desmerecedores de entusiasmo pela habitual inacção resultante do ultraconservadorismo latente no “Desporto-Rei”. Mas é justo reconhecer que, nos últimos anos, têm sido dados alguns passos contrários a esta característica tão vincada, abrindo-se novas perspectivas quanto a uma modalidade menos relutante ao progresso para além do comercial, motivado pela necessidade de maior facturação.

Serve esta introdução para me confessar entusiasmado pela possibilidade de ouvir, durante os jogos, a comunicação entres os elementos das equipas de arbitragem, de resto já há muito implementada no futebol americano e há uns anos no basquetebol (NBA) e nas principais competições internacionais do râguebi.

Para já não passa de uma notícia sobre uma alegada petição oficial ao IFAB por parte da Federação Francesa de Futebol, mas já é um começo. E dou por mim a fantasiar um qualquer jogo normal da nossa liga…

VAR auxiliar – Não me digas que vai apitar.

VAR – Espero que não ou seremos obrigados a dizer qualquer coisa.

VAR auxiliar – Bolas, apitou mesmo. Dizemos alguma coisa?

VAR – Não sei. Vê-se claramente que não é falta, mas estamos no Dragão, o conceito de penálti é muito lato, uma questão de interpretação, sabes, muito a considerar, há a intensidade, a intencionalidade, a ilusão de óptica, a subjectividade e mais o que te lembres que nos ajude a alijar responsabilidades…

VAR auxiliar – Já em Alvalade é a mesma coisa. Ao menos se fosse na Luz teríamos respaldo automático, chateiam-se mais com a equipa não jogar nada e têm pudor em falar de arbitragens. Assobiam um bocado, mas isso é o pão nosso de cada dia.

VAR – Pois, é mesmo isso. Os chatos dos adversários é que não se calam, já vai em três amarelos por protestos, temos mesmo de dizer alguma coisa… (Para o árbitro): Atenção, vê-se claramente que não é penálti, mas como é no Dragão a favor do Porto, há uma interpretação abusiva que talvez nos safe. É melhor reveres.

Árbitro – Escuto. Não é penálti? O que é este ruído? Não oiço. Interferências. Está assinalado.

VAR – Fez bem, eh eh eh. Na pior das hipóteses seremos castigados e lá teremos nós um fim-de-semana disponível para irmos à Arábia Saudita ganhar uns trocos valentes.

VAR auxiliar – Grande Fontelas, pá!

Jornal O Benfica - 25/2/2022

Sem comentários:

Enviar um comentário

Números da semana (179)

1 Nas estafetas mistas de triatlo, o Benfica sagrou-se campeão nacional; 2 No futebol de formação, o Benfica é bicampeão nacional de j...