terça-feira, 7 de setembro de 2021

"300 Dias"

Escrevo antes da estreia da série “300 Dias” da BTV e são enormes as expectativas que deposito neste conteúdo.

Não é para menos: 11 episódios (!) idealizados pelo jornalista da BTV Ricardo Soares, o que, por si só, é garantia de qualidade, com imagens recolhidas por André Araújo, o mesmo dos múltiplos magníficos vídeos dos bastidores da nossa equipa de futebol, uma novidade ainda recente e que em muito nos enriquece enquanto adeptos.

Sou um razoável conhecedor da oferta de documentários sobre futebol e nunca vi um centrado exclusivamente na questão das lesões graves, desde que um futebolista a sofre até que a debela e regressa à competição. E é estranho, devo dizer.

Tive a oportunidade de acompanhar de perto alguns processos desta índole, nomeadamente de basquetebolistas do Benfica, e percebo cristalinamente, por exemplo, as amizades profundas geradas entre atletas e fisioterapeutas, bem mais sólidas, em muitos casos, que entre colegas de equipa. O Benfica, através de André Almeida, dá-nos a conhecer esta faceta, entre outras, que quase todos desconhecem, prestando assim um autêntico serviço público.

E esta é uma componente da comunicação do clube que merece ser destacada e muito elogiada.

Tem sido notório o esforço de aproximação aos adeptos, abrindo as portas ao “balneário” e, com isso, humanizando aqueles que, pelo honroso e exclusivo papel que desempenham – representar o Benfica no relvado – inevitavelmente são colocados num pedestal, tornando-se inacessíveis. Quebrar as barreiras é reforçar a ligação entre jogadores e adeptos, valorizando-se, pelo caminho, o produto futebol em função de uma opção clara pelos protagonistas em detrimento das recorrentes e estafadas questiúnculas do futebol português. Obrigado!

Jornal O Benfica - 3/9/2021

Sem comentários:

Enviar um comentário

Números da semana (180)

1 A equipa feminina do Benfica de minitrampolim sagrou-se campeã nacional; 3 O canoísta Fernando Medalha conseguiu 3 medalhas no Campe...